Porque a maioria das pessoas não consegue seguidores ou parceiros para seus negócios?

Falta de entusiasmo pelo produto da empresa e falta de estratégia na divulgação.

APENAS ISSO!

Se uma pessoa encontra uma oportunidade mas não acredita no produto da empresa, precisa encontrar um produto que a deixe entusiasmada. A pessoa precisa se imaginar, ela mesma, usando o produto da empresa. Quando você encontra alguém que não gosta do seu produto, não há nada que você possa fazer com a pessoa. Procure a próxima.

Porém, o mais triste é quando uma pessoa gosta do que a empresa oferece, mas não consegue passar a mensagem adiante. Normalmente, uma pessoa pensa que só porque gostou do produto, todo mundo vai gostar, sem conhecer outras vantagens. Por exemplo: Imagine que alguém esteja acostumado a usar perfumes de baixa qualidade, porque são baratos, você não pode apresentá-la um perfume de alta qualidade; você tem que falar das vantagens financeiras de usar o seu perfume.

Isso dá para resolver se a pessoa for ensinável; eu gosto mais da palavra “obediente” porque, por exemplo, quando você tem um atleta que não obedece ao técnico e ao treinador não consegue obter bons resultados. Ensinável, para mim, é quando a pessoa ouve, entende e concorda; obediente é quando a pessoa faz aquilo que entendeu e concordou.

A solução é tão simples que a pessoa se sente no direito de não fazer. É a estratégia – O COMO FAZER. “O que fazer”, as pessoas entendem logo, mas é “no como fazer” que elas têm problema; querem fazer do jeito delas, como se faz um arroz, como se veste uma roupa etc. Não querem seguir as instruções simples de quem já obteve os resultados.

Uma boa notícia é que existem várias estratégias para a mesma situação. Para saber qual delas empregar, é preciso consultar as pessoas que estão há mais tempo no negócio. Elas conhecem muitas maneiras. É muito comum, conhecermos pessoas de muito sucesso em alguma atividade, mas a estratégia que ela usa talvez não combine com o nosso modo de ser.

Como estive no Exército por mais de 35 anos, conheço bem a importância das estratégias e táticas quando se enfrenta o exército inimigo. Você não pode ir direto; precisa usar de artimanhas para “surpreender” o inimigo.

No caso de negócios, em que você quer o bem dos seus parceiros (estamos falando de pessoas corretas e éticas), a estratégia serve para fazer com que as pessoas se interessem pelo que você quer propor para elas. Se você for direto ao ponto e ficar ansioso, pode afastar seu candidato ao invés de aproximá-lo.

É preciso entender também que, em todos os negócios de marketing multinível, você só precisa de 5 pessoas. SÓ 5 PESSOAS! Por isso, não precisa se preocupar com aquelas que dizem “não”. Depois que consegue as 5, deve-se continuar procurando mais. Porém, nessa segunda fase, você está super confiante, e essa confiança faz melhorar os resultados.

A estratégia mais simples que eu conheço é “PEDIR OPINIÃO”. Entenda que para dar uma opinião sincera e valiosa é preciso que seu candidato analise bem o assunto, que é tudo que você quer que a pessoa faça.

Quando você pede opinião, a pessoa não pensa que é algo para ela, não se sente pressionada e fica descontraída o suficiente para a analisar a sua proposta. Ela “sabe” que você só quer a opinião dela. E então, pode se decidir pelo negócio de uma maneira natural e entusiasmada, do tipo “eu gostei”.

Não são válidas opiniões do tipo eu conheci alguém que se deu mal, eu ouvi dizer que isso não é bom, eu acho que você não dá para isso etc. São frases de quem não analisou a sua proposta, POR NÃO ESTAR INTERESSADO. Então, você já sabe que essa pessoa não está interessada.

A melhor opinião é aquela em que a pessoa fala que analisou os vários pontos do negócio e não entendeu alguma parte; ela quer saber mais. Ou então, a pessoa achou interessante e pergunta como começar; ou achou legal e já se cadastrou.

Assim, você pode usar qualquer meio para se comunicar com a pessoa; mas tem que ser “uma a uma”. Nunca pedir opinião em grupo de pessoas – uma ovelha má põe o rebanho a perder. Você pode mandar e-mail para seus amigos e parentes, com o site do seu negócio. Pode falar diretamente com a pessoa e dar o site para a pessoa analisar.

Quanto menos informação, melhor o resultado. Quanto mais informação, mais chance de dar errado.

Você só precisa dizer: PRECISO DA SUA OPINIÃO SOBRE O NEGÓCIO QUE ESTÁ NESSE SITE. Só isso! Qualquer informação a mais que você dê, a estratégia está prejudicada. Apenas, marque um momento para saber a opinião.

VOCÊ SÓ PRECISA DE 5 PESSOAS EM QUALQUER NEGÓCIO DE MARKETING MULTINÍVEL. 

Um anúncio que deu certo – http://celsohl.blogspot.com.br/2013/04/um-anuncio-que-deu-certo-gerou-uma-rede.html

Como recrutar pessoas para a sua empresa, por meio da apresentação dos produtos

Anúncios

Sobre Celso Silva

Meu nome é Celso Silva; nasci no Rio de Janeiro, em 24 de fevereiro de 1950. Aos 17 anos ingressei na Escola Preparatória de Cadetes do Exército, em Campinas, São Paulo, e após 3 anos, fui para a Academia Militar das Agulhas Negras, em Resende, Rio de Janeiro, formando-me em dezembro de 1973. Segui a carreira militar, passando para a reserva como coronel.
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Porque a maioria das pessoas não consegue seguidores ou parceiros para seus negócios?

  1. Carlos Neto disse:

    Bom dia Celso Silva, muito obrigado pelas orientaçoes e ensinamentos de primeira qualidade.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s