Senhores e escravos

Em todos os países do mundo existe uma grande cidade industrial. Um lugar onde reside o maior trabalho escravo do mundo. Próximos ao centro se localizam as comunidades colonizadas, onde vivem os escravos. A cada manhã, as pessoas andam em bandos por quarteirões, em direção à área industrial. Cada um está em seu posto por volta das 8:00 da manhã. Ali eles se informam com seus chefes sobre os deveres do dia. Então permanecem enclausurados até as 6:00 da tarde, quando são soltos. Eles não têm como escolher quantas horas devem trabalhar – algumas vezes são convocados para trabalhar além do horário, até que o chefe lhes diga quando podem sair.

A cada ano dizem a eles quando podem tirar férias, por quanto tempo e quando devem regressar. Eles têm poucas opções, por exemplo, saber quanto ganharão. A eles, é permitido pouquíssimo tempo para almoçar e para fazer intervalos para o café durante esse período de trabalho. Permanecem em suas celas com muito medo, pois os senhores podem puni-los com o castigo da demissão. Sabe-se que até mesmo alguns escravos bons e leais sentiram a dor deste castigo. A alguns deles, os patrões dão uma pequeno benefício chamado “participação nos lucros”. Isso ocorre quando o patrão ganha alguns milhões e destina poucos milhares para serem divididos entre seus escravos. Os escravos que recebem essas migalhas extras se sentem privilegiados e dia após dia, ano após ano, trabalham até que o senhor decida que é chegada a hora de parar.

O senhor então os liberta e eles vão para os campos de aposentados ….Continue

Anúncios

Sobre Celso Silva

Meu nome é Celso Silva; nasci no Rio de Janeiro, em 24 de fevereiro de 1950. Aos 17 anos ingressei na Escola Preparatória de Cadetes do Exército, em Campinas, São Paulo, e após 3 anos, fui para a Academia Militar das Agulhas Negras, em Resende, Rio de Janeiro, formando-me em dezembro de 1973. Segui a carreira militar, passando para a reserva como coronel.
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s