Como controlar o acesso dos filhos à internet?

A preocupação de pais com seus filhos sempre existiu.

Com a evolução da tecnologia, o conselho de não falar com estranhos tornou-se ainda mais importante. Ao ter acesso à internet, as crianças estão expostas a todo tipo de problemas.

“Redes Sociais para Pais e Filhos” é um guia que procura explicar para os pais e mães como controlar ao que os filhos acessam na internet, mesmo que o conhecimento deles em informática seja básico.

A ideia é permitir o uso de redes sociais e emails pelas crianças livre de preocupações.

Além de focar nas questões tecnológicas, apresenta aos pais o que é bullying e estimula a conversa para que se saiba o que acontece na escola e na vida do filho.

Sem ser um manual sobre o que é certo e o que é errado na criação dos filhos, o livro apresenta uma série de dicas para que você aja de acordo com suas crenças e ideais.

Veja algumas da atitudes a tomar ao permitir o acesso ao computador:

Dentre os limites que os pais devem impor assim que colocam um computador no quarto do filho, destaco:

– Limitar a quantidade de horas por dia que o filho pode ficar no computa¬dor para fins de lazer. No máximo 2 horas;

– Não usar o computador após as 21 horas, principalmente para menores de 10 anos, para não comprometer o sono e o rendimento escolar;

– Manter sempre a porta aberta;

– Não usar o computador na hora do almoço ou do jantar, e muito menos fazer qualquer tipo de refeição na frente do computador;

– Não usar o computador com a luz do quarto apagada, pois além de pre¬judicar a visão, cria um ambiente propício para que o seu filho comece a fazer coisas escondidas;

– Mostrar através de matérias de jornais e revistas o que é permitido e o que não é permitido fazer na Internet, assim ele perceberá que as diretrizes ora apresentadas não são invenções suas;

– Não permitir o uso diário. Procure montar um esquema em que o uso do computador para lazer seja em dias alternados.

– Dias chuvosos não é desculpa para ficar o tempo todo no computador. Na sua época não existia computador para crianças, mas as chuvas existiam e você dava o seu jeito para aproveitar o dia de outra maneira (brincar de esconde-esconde, fazer bolinho de chuva, cantar música, jogar cartas…).

Essas são algumas sugestões simples e praticáveis em toda e qualquer família. Caberá a você, pai, definir quais são viáveis para a sua família, bem como imple¬mentar outros limites, mas sem muito excesso.

Redes Sociais para Pais e Filhos
Autor: Anderson da Silva Vieira
Editora: Alta Books
Páginas: 196
Quanto: R$ 34,90
Onde comprar: Pelo telefone 0800-140090 ou pelo site da Livraria da Folha

Sobre Celso Silva

Meu nome é Celso Silva; nasci no Rio de Janeiro, em 24 de fevereiro de 1950. Aos 17 anos ingressei na Escola Preparatória de Cadetes do Exército, em Campinas, São Paulo, e após 3 anos, fui para a Academia Militar das Agulhas Negras, em Resende, Rio de Janeiro, formando-me em dezembro de 1973. Segui a carreira militar, passando para a reserva como coronel.
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s