Novo padrão para plugues e tomadas a partir de hoje – 1º de julho de 2011

A partir de hoje (1º de julho), os plugues vendidos isoladamente ou em aparelhos eletroeletrônicos expostos no mercado brasileiro, só podem ser de dois tipos: com dois ou três pinos. O comércio teve até ontem (30 de junho de 2011) para adaptar definitivamente os estoques. Este prazo marca a última etapa do processo de implementação do Padrão Brasileiro de Plugues e Tomadas, que começou a ser instalado com lei sancionada em 2000.

De acordo com balanço apresentado dia  29 de junho, no Rio de Janeiro, o Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro) considerou que o padrão já está funcionando plenamente, tanto entre os fabricantes quanto no varejo. Nas últimas fiscalizações, o Inmetro não identificou abuso de preços ou desabastecimento de mercado com a substituição das peças e registrou um índice de irregularidades abaixo de 5%, que é o percentual máximo tolerado pelo órgão. A multa para casos de produção ou venda de produtos fora do novo padrão, a partir de amanhã, pode variar de R$ 100 a R$ 1,5 milhão.

O presidente do Inmetro, Alfredo Lobo, disse que a adoção dos dois tipos de plugues e tomadas traz vantagens significativas para o consumidor, tanto em relação à segurança quanto em relação à economia. “Eles [os plugues de dois e três pinos] previnem contra a possibilidade de ocorrência de choque elétrico, curtos circuitos e incêndios. E como o plugue e a tomada se conectam com mais perfeição, isso leva a um não desperdício de energia. Ou seja, você está economizando energia e diminuindo a possibilidade de um curto-circuito”, explicou.

Segundo Lobo, o novo modelo significou redução de custos na produção de aparelhos e peças e teve reflexo positivo no bolso do consumidor. “Enquanto a indústria tinha que ter linha de produção para fabricar 20 tipos de plugues e tomadas diferentes, hoje ela tem uma linha de produção focada em duas alternativas. E, com isso, otimizou o processo produtivo e pôde diminuir os custos. Mesmo considerando a inflação, que houve aumento dos insumos, da resina, do metal que faz o plugue e a tomada, houve diminuição de preços, o que significa um ganho para o cidadão também no que diz respeito ao investimento na compra desse produto”.

No caso dos plugues e tomadas de três pinos, a questão da segurança é ainda mais reforçada, conforme o Inmetro. Isso porque o terceiro pino funciona como fio terra dos produtos que precisam de aterramento para evitar choques. Mas, para que esse recurso tenha funcionalidade, a instalação elétrica da residência precisa estar preparada. Uma das determinações do processo de padronização do novo modelo foi a obrigação de aterramento nas construções prediais iniciadas a partir de 2006. As residências construídas antes desta data, terão que se adaptar por conta própria e no tempo que for possível.

O presidente do Inmetro destacou que não existe necessidade urgente de preparar o aterramento e que não há obrigação para a troca de tomadas nas residências. “Não há necessidade de trocar todas as tomadas. Em apenas 20% dos casos teremos dificuldade de conexão em relação à tomada antiga, que são os plugues de três pinos. A alternativa é usar o adaptador que se distingue do antigo T, porque agora é submetido a testes e tem que atender a requisitos de segurança”, disse.

O que mudou

• Acabam os plugues de pino chato; os aparelhos passam a ter plugues somente com pinos redondos. Dependendo das características do aparelho, ele poderá ter plugue de dois ou três pinos.
• O terceiro pino funciona como fio terra dos produtos que precisam de aterramento para evitar choques, desde que a instalação elétrica residencial disponha de aterramento.
• Os pinos terão diâmetros diferenciados de acordo com a corrente elétrica que o aparelho necessita para funcionar. Essa informação deverá constar na embalagem dos produtos. Terão um diâmetro para aparelho que operam com até 10 ampères e outro para os que operam entre 10 e 20 ampères. Isto impede que um aparelho de maior amperagem possa ser conectado em instalação de até 10, sobrecarregando-a.
• Em cerca de 20% dos casos o usuário poderá ter dificuldades de conexão entre os plugues e tomadas padronizados e os antigos. Nestes casos idealmente deve ser trocada a tomada, utilizando-se a padronizada. Entretanto, objetivando minimizar eventuais transtornos na fase de adaptação, admite-se o uso de adaptadores que, ao contrário dos anteriores não padronizados, foram regulamentados e certificados e atendem a requisitos mínimos de segurança.

Vantagens do uso do padrão 

• Maior segurança para o usuário contra choques elétricos por contatos acidentais
• O novo formato de plugues permite um contato mais eficiente com a tomada, evitando aquecimentos que podem levar a acidentes como incêndios e curto-circuito.
• O contato mais eficiente com a tomada ajuda a evitar o desperdício, promovendo economia no consumo de energia elétrica.
• O usuário terá adequada segurança se a residência for aterrada, em aparelhos que usam plugues de 3 pinos.
• Impossibilidade de conexão dos plugues usados em aparelhos que trabalham com mais de 10 ampères em tomadas de instalações dimensionadas para menos de 10 ampères, impedindo sobrecargas.
• Todas as novas edificações só recebem o habite-se mediante o cumprimento do padrão, de acordo com Lei Federal promulgada em 2007.

As informações são do Inmetro

Anúncios

Sobre Celso Silva

Meu nome é Celso Silva; nasci no Rio de Janeiro, em 24 de fevereiro de 1950. Aos 17 anos ingressei na Escola Preparatória de Cadetes do Exército, em Campinas, São Paulo, e após 3 anos, fui para a Academia Militar das Agulhas Negras, em Resende, Rio de Janeiro, formando-me em dezembro de 1973. Segui a carreira militar, passando para a reserva como coronel.
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s