Brasileiros não sabem qual será sua fonte de renda na aposentadoria. E você?

Make your own banner at MyBannerMaker.com

Aposentadoria é o mesmo que renda residual, ou seja, uma renda que continua mesmo quando você para de trabalhar. Veja esse conceito em um vídeo.

Um quarto dos brasileiros não sabe qual será a sua principal fonte de renda na aposentadoria. A constatação parte de um levantamento efetuado pelo banco HSBC e divulgado nesta terça-feira (31).

De acordo com a pesquisa, 25% dos entrevistados afirmaram que não sabem de onde virá sua renda depois que pararem de trabalhar. Já para 10% dos pesquisados, o dinheiro para esta época da vida será obtido por meio de economias e investimentos. O apoio financeiro dos filhos e descendentes também foi citado por 10% dos entrevistados como principal fonte de renda na aposentadoria.

Para 8% dos pesquisados, a renda será garantida pelo recebimento de aluguéis, enquanto 7% acreditam que terão condições financeiras por conta de herança.

O investimento em ações foi citado por 5% dos entrevistados, mesmo percentual que respondeu que deverá viver de salário e da venda de ativos atrelados a um negócio.

Mundo
Nos outros países participantes da pesquisa, o percentual de pessoas que não sabem qual será sua fonte de renda na aposentadoria também foi alto (19%).

Para 16% das pessoas, o dinheiro para esta época da vida virá da previdência social. Já 11% dos entrevistados respondeu que deverá ter uma renda proveniente de economias e investimentos, enquanto 9% esperam receber pensão individual e pessoal.

O salário de emprego pago também foi citado por 9% dos entrevistados como possível fonte de renda quando deixarem de trabalhar, ao passo que os investimentos em ações e a renda de aluguel foram citados por 6% das pessoas, cada.

Pesquisa
A pesquisa do HSBC foi efetuada com mais de 17 mil pessoas em 17 países. No Brasil, foram ouvidas 1.027 pessoas para o relatório O Futuro da Aposentadoria.

Anúncios

Sobre Celso Silva

Meu nome é Celso Silva; nasci no Rio de Janeiro, em 24 de fevereiro de 1950. Aos 17 anos ingressei na Escola Preparatória de Cadetes do Exército, em Campinas, São Paulo, e após 3 anos, fui para a Academia Militar das Agulhas Negras, em Resende, Rio de Janeiro, formando-me em dezembro de 1973. Segui a carreira militar, passando para a reserva como coronel.
Esse post foi publicado em Sem categoria. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s